Dieses Mitglied zu deinen Freunden hinzufügen

Um Zugriff auf diese Funktion zu erhalten, musst du ein registriertes Mitglied von Autoviva sein.

Du kannst dich mit deinen Benutzerdaten anmelden oder ein neues Benutzerkonto anlegen.
close
Freund/in entfernen

are you sure you want to remove this buddy?

close
Nachricht senden

Um Zugriff auf diese Funktion zu erhalten, musst du ein registriertes Mitglied von Autoviva sein.

Du kannst dich mit deinen Benutzerdaten anmelden oder ein neues Benutzerkonto anlegen.
close
Mache diese/n/s car deinen Fan

Um Zugriff auf diese Funktion zu erhalten, musst du ein registriertes Mitglied von Autoviva sein.

Du kannst dich mit deinen Benutzerdaten anmelden oder ein neues Benutzerkonto anlegen.
close
1 car
Porsche Cayman S
gepostet am 27.03.12
Porquê um Cayman S?
Quando vi um ao vivo fiquei definitivamente apaixonado. Quando chegou o momento da decisão foi uma guerra com outra grande paixão (Lotus) que acabou por ganhar, por razões que posso elaborar mais tarde.

Pessoalmente não gosto de descapotáveis, por razões estéticas e algumas funcionais (maior rigidez, menor peso) prefiro sempre coupés. Para quem aprecia a sensação de conduzir a céu aberto sem dúvida que o Boxster S faz mais sentido, é a referência que todos conhecem já. Para mim apenas o 997 GT3 me faria mudar de ideias (muito €€€€), de resto o Cayman é mesmo o meu Porsche favorito de toda a gama actual, sem qualquer tipo de dúvida.

Quanto à questão Lotus Elise/Exige, é o meu outro carro de sonho, se tiver oportunidade de alargar a garagem mais tarde seria este a escolha. Fiz 2 test drives, um num Elise 111R e depois num Exige S 240 (com o performance pack). Era um carro que segui com muita atenção desde o lançamento do S2 algures em 2000, perdi a conta a todos os artigos que li e horas nos fóruns a investigar nestes anos todos, deu para criar vários test drives mentais e tudo :-)

Quando conduzi o carro correspondeu em quase tudo, direcção fantasticamente comunicativa, adoro o design do carro e as proporções hiper-compactas, o peso (ou ausência dele) claro, enfim, um driver's car a 110%. Não gostei muito do offset (ligeiro) dos pedais, pensei que o posicionamento seria perfeito, mas isto é uma picuice de resto a posição de condução é óptima . Entrar e sair do carro é uma das grandes desvantagens para muitos, para mim não achei complicado e faz parte do carácter hardcore do carro, parece que estás a entrar num mini sport-prótotipo!

Performances, o Exige S em especial é balístico, aceleração muito forte, super hiper-activo, é como aquele cão que está sempre a pedir "então!! atira a bola! atira a bola!" :D O impacto visual ainda é maior ao vivo do que em foto, lindo, mas inversamente também se nota mais um pouco de aspecto "kit-car" no exterior quando visto de perto.

Chegamos então ao Cayman: Antes de o comprar fiz 3 test drives longos por isso já tenho uma boa ideia das qualidades dinâmicas do carro. A sensação de solidez geral e a qualidade táctil "mecânica" dos comandos principais direcção/caixa/pedais é de facto excepcional. A rolar a velocidade de passeio é uma combinação de estares sempre ciente de tudo o que se passa mas envolto num casulo de perfeito conforto. Tens a sensação que podias fazer um milhão de kms que o carro nunca te ia deixar ficar mal. Mas não é pelo conforto que ali estava...

Quando se passa para modo de ataque a personalidade do carro muda radicalmente, a melhor forma de descrever é mesmo como um Exige em ponto grande. Esta personalidade "Jekyll/Hyde" é uma das suas grandes qualidades.

O chassis é hiper-rígido, preciso, sem folgas, mudanças de direcção e transferências de massa com muito pouca inércia. Com o sistema PASM opcional em modo sport o carro fica como um bloco mas ainda sentes tudo a trabalhar para cortar aquelas arestas que fariam com que o carro perde-se eficácia.

Os lendários travões Porsche são isso mesmo, o "bite", progressividade e feeling são perfeitos, sem folgas ou pontos "mortos". O posicionamento dos pedais ideal para ponta/tacão, um prazer para o jogo de pés.

O motor... o motor é algo de épico. Aqui está uma das maiores diferenças para o mais modesto 4 cilindros Toyota. Enquanto que no Lotus ligas o motor e és brindado com um familiar barulho de "hot-hatch" e rapidamente te colocas em movimento para o esquecer e deixar em background no Porsche é muita da experiência. O 6 cilindros boxer "irrompe" para a vida com aquele barulho inconfundível e só o seu trabalhar ao ralenti é um prazer em si. Em andamento então é fonte de sorriso permanente, quando se começa a entrar nas bandas superiores de rotação a complexidade da harmonia é tal que quase que dá para apanhar o timbre metálico individual dos vários componentes do motor. Para além disso nota-se bem que é um motor de maior capacidade que sobe até aos limites perfeitamente à vontade, sem aquela sensação de estar a ser "esganado" e em esforço desconfortável típico dos motores de menor capacidade cúbica de 4 cilindros.

Haverão outros mundos concerteza, GT3's, Astons, Lambos, V8s e V12's Ferrari, etc, mas para mim é uma revelação! Estou deveras curioso para ver o efeito do escape desportivo neste já de si notável combo.

Acho a silhueta de coupé do carro apaixonante, montes de pormenores para deliciar a vista, com destaque para a traseira, sem dúvida uma das mais sensuais da actualidade.
Anonymous

Fahrerbewertung

Kraftstoffverbrauch
Consumption14.00 l/100km
Der Hersteller sagt: 10.60 l/100km
PortugalPortugal
Alltagswagen
2008-06-01, Porto
purista
purista
4 Rennautos
10 Serienmodelle
  • GTR
  • RXC 3.0
  • Atom 3
  • GT-One TS020
  • 7 CSR 260
  • Tipo 61 Birdcage
  • Mono
  • 7 Supersport R
  • Pantera L
  • 458 Italia
schließen